Uliving Brasil - Pioneira em residências estudantis no país

Venha para a Uliving

fale conosco

Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas.

planos

Suíte individual ou quarto compartilhado?
A Uliving tem o plano que você tanto procura. Confira!

Selecione a unidade desejada:

unidades

Conheça todos os detalhes das nossas unidades. Escolha a que melhor se enquadra no seu estilo.

Agendar visita

1. Unidade

2. Data e hora

3. Dados pessoais

Telefone

Formulário de interesse

Preencha o formulário abaixo, entraremos em contato:

whatsapp

Dicas

Os melhores documentários da Netflix para ver na quarentena

Publicado em:
Categoria: Dicas
Compartilhe:

Documentários são obras subestimadas. Em 2009, o Oscar resolveu aumentar as indicações ao prêmio de Melhor Filme de 5 para 10 na esperança de facilitar a indicação de animações, filmes estrangeiros e documentários. Mesmo assim, nenhum documentário jamais foi indicado à categoria. Triste, né?

Mas enquanto esse dia não chega, resolvemos indicar os melhores documentários da internet pra você. Num post dividido em partes, escolhemos os melhores documentários das principais plataformas de streaming: as escolhas de hoje vieram da Netflix. A segunda parte trará escolhas da Amazon Prime, nosso novo streaming favorito.

Em 2017, a New York Film Academy (NYFA) fez um artigo mostrando o impacto da Netflix na produção e divulgação de documentários. Na época, existiam em torno de 50 produções do tipo na plataforma – sendo originais ou não – e hoje já existem mais de 50 documentais só em produções originais Netflix. Segue o fio com as nossas 15 escolhas – 10 filmes e 5 séries documentais:

 

Filmes


 

Beyoncé no palco do Coachella, em 2018

Homecoming – A Film by Beyoncé

Beyoncé foi sem dúvidas a mulher mais importante da música na última década. No ano passado, a cantora fechou um acordo de 60 milhões de dólares com a Netflix para produzir três especiais. O primeiro foi um registro documental da apresentação lendária de Beyoncé no Coachella – ela foi a primeira mulher negra a ser headliner do festival mais famoso do mundo.

O documentário mostra cenas do show, dos preparativos e dos ensaios que começaram 8 meses antes da apresentação. É uma peça muito legal não só mostrar a grandiosidade do show – considerado um dos melhores da história do festival – como também da profissionalidade de Beyoncé. Jay Z, Solange Knowles e as ex-companheiras do Destiny’s Child Kelly Rowland e Michelle Williams aparecem na produção.

Pra quem gosta de: música

 


 

A esplanada dos ministérios em uma as cenas de Democracia em Vertigem, de Petra Costa.

Democracia em Vertigem

Democracia em Vertigem foi um dos três documentários brasileiro indicados ao Oscar da categoria na última década. Dirigido por Petra Costa, narra a visão da diretora sobre o impeachment da então presidenta Dilma Rousseff, a eleição de Jair Bolsonaro e a crise político-econômica no Brasil.

Além das aparições dos próprios políticos, Petra mostra várias cenas de manifestações ocorridas nos últimos anos, de ambos os lados. Os pais da diretora, assim como personalidades (Lula, por exemplo) aparecem em cenas e dão depoimentos e compartilham memórias do passado, dos períodos da ditadura às eleições do início do século. O filme foi aclamado pela crítica e, para além de questões ideológicas, é um ótimo retrato da visão de Petra sobre a política brasileira.

Pra quem gosta de: política

 


 

Trabalhadoras, uma chinesa e outra americana, em cena de Indústria Americana.

Indústria Americana

Produzido por Michelle e Barack Obama, Indústria Americana bateu “Democracia em Vertigem” no Oscar desse ano e levou a estatueta de Melhor Documentário pra casa. A vitória, ainda que questionável, faz sentido.

O documentário mostra a instalação de uma fábrica de vidros chinesa em uma colapsada cidade estadunidense no estado de Ohio. A fábrica, que antes era uma sede da General Motors, foi reformada e reinaugurada pelos chineses na cidade. Entretanto, os chineses não foram responsáveis somente pela instalação do espaço – além de administrar o galpão, muitos dos funcionários foram trazidos diretamente da China, de administradores à operadores.

O filme aborda justamente esses nuances culturais e os embates entre os funcionários de diferentes nacionalidades. A dificuldade de comunicação pela língua, a diferença salarial e de carga horária, entre outros assuntos, são abordados muito bem no documentário. Ainda que seja uma visão muito “estadunidenses” da cultura oriental, é uma ótima reflexão e estudo de um caso real da globalização.

Pra quem gosta de: política, história

 


 

A cantora e ativista Nina Simone.

What Happened, Miss Simone?

Nina Simone foi uma mulher polêmica na história da cultura moderna. Uma das únicas negras famosas na indústria musical até meados dos anos 70, conquistou seu espaço graças ao seu talento no piano e sua voz incomparável.

Mas pra chegar no topo, Nina precisou suar muito. Lutou contra sua família e principalmente contra uma sociedade racista e machista. O documentário “What Happened, Miss Simone?” mostra um pouco da trajetória da cantora, com ajuda na produção de Lisa Simone, filha de Nina. A trajetória na carreira, o ativismo negro, as represálias e ameaças e o reconhecimento de uma das maiores lendas que o jazz, o pop e o mundo já viram.

Pra quem gosta de: música, história, movimentos sociais

 


 

Uma menina em frente a uma barreira policia nos protestos de Kiev.

Winter on Fire: Ukraine’s Fight For Freedom

Não foi só no Brasil que 2013 foi um ano de manifestações. Na Ucrânia, os jovens estudantes resolveram sair às ruas por discordarem de atitudes do governo na época. O que era pra ser uma livre manifestação democrática se tornou num caótico e violento embate entre governo e população.

Winter On Fire foi lançado em 2015 trazendo imagens e depoimentos emocionantes sobre os acontecimentos que se iniciaram em novembro de 2013 e só cessaram em Fevereiro de 2014. Foram mais de 130 mortos em um dos episódios mais emblemáticos e tristes da nossa história contemporânea. A luta, ainda assim, rendeu a conquista das demandas dos manifestantes, incluindo a deposição do então presidente ucraniano Viktor Yanukovych.

Pra quem gosta de: política, movimentos sociais

 


 

Mulheres protestando pelos seus direitos nos anos 70 no documentário da Netflix.

Feminists: What Were They Thinking?

“Feminismo” parece uma palavra contemporânea e moderna demais, mas a luta pelos direitos das mulheres existe desde os primórdios – de Atenas até hoje, as mulheres seguem com seus direitos sociais negados.

“Feminists: What Were They Thinking?” é um documentário que discute o recorte do feminismo nos últimos anos. Com depoimento de várias mulheres incríveis, incluindo a lendária atriz Jane Fonda, discute as conquistas do movimento ao longo do século XX e XXI.

Com uma abordagem mais artística, falando de filmes que mudaram a concepção do movimento, e tocando em assuntos como lesbianidade, maternidade e raça. Uma verdadeira aula de empatia e de um dos movimentos sociais mais importantes e fortes da nossa sociedade.

Pra quem gosta de: política, movimentos sociais

 


 

A dupla de amigos chamada "The Minimalists".

Minimalism

É difícil pensar em ser desprendido de coisas físicas e dos luxos que temos vivendo nas cidades caóticas em que vivemos. A vida é uma correria eterna em busca de melhores resultados na carreira, na educação, na vida pessoal… mas pautados na régua de quem?

Minimalism: A Documentary About the Important Things é um documentário incrível da Netflix que traz relatos de pessoas que abandonaram seu estilo de vida antigo e agora vivem com pouco. O menos é mais. Os grandes apartamentos são trocados menos e funcionais – o básico e necessário fica, o luxuoso e desnecessário vai embora.

É uma reflexão boa pros tempos caóticos em que vivemos, tudo com uma baita produção.

Pra quem gosta de: ciências sociais, comportamento

 


 

"The Game Changers" fala sobre veganismo e o mundo dos esportes.

The Game Changers

O veganismo é um tabu, mesmo em pleno século 21. Muitos apontam que uma dieta sem qualquer tipo de alimentos animais pode dificultar o crescimento e desenvolvimento corporal. Será?

The Game Changers é um documentário que tenta mostrar justamente o contrário. Narrando a história de James Wilk, atleta da UFC que muda sua dieta após uma lesão que quase o deixou paralítico, o filme traz uma abordagem bem diferente do veganismo.

Com depoimentos do atleta, de profissionais da saúde e com aparição de até mesmo Arnold Schwarzenegger, o filme desmistifica e traz dados sobre o veganismo como alternativa a uma vida saudável e sem sofrimento animal. Simpatizantes ou não da causa, o filme é uma ótima reflexão.

Pra quem gosta de: comportamento, nutrição, veganismo

 


 

O filme trata do sistema de doping encoberto por uma organização russa.

Icarus

No mundo dos esportes, o doping é um grande vilão. Além de ser uma jogada suja contra o princípio básico de equidade em qualquer competição, é um grande problema de saúde.

Lançado em 2017 e vencedor do Oscar de Melhor Documentário, Icarus narra a história de Fogel, diretor do filme e ciclista amador que se envolveu num escândalo de doping. Com ajuda do chefe de um dos grandes laboratórios antidoping russo, o diretor desmascara um grande sistema de burlagem nas regras de doping mundiais.

Pra quem gosta de: ciência, esportes, medicina

 


 

Ainda hoje, a menstruação é um tabu na Índia.

Period. End of Sentence

Estamos em 2020 e menstruação ainda é um tabu e um problema em muitas sociedades. O mini-documentário “Period. End of Sentence” mostra um pouco do problema que as mulheres indianas enfrentam em relação ao seus corpos.

Ao longo de curtos 25 minutos, o documentário traz relatos das indianas que se uniram para produzir e difundir o uso dos absorventes, feitos com um baixo custo. O que pode soar apenas como uma melhoria na qualidade de vida é o começo de uma verdadeira revolução sexual na história das mulheres na Índia.

Sensível, curto e direto. Period. End of Sentence é uma mostra das desigualdades do mundo e de como as mulheres ainda têm muita luta para conquistarem seus espaços na nossa sociedade. 

Pra quem gosta de: política, movimentos sociais

 


> 10 filmes pra ver na Netflix nessa quarentena <


 

Séries-documentário


 

Explicando trata de diversos assuntos, de sexo á pandemia de COVID-19 em documentários curtos de até 20 minutos.

Explicando

Explicando é uma série de mini-documentários disponibilizados semanalmente pela Netflix. Muita gente não sabe que a produção deriva, na verdade, de um canal do YouTube da Vox Media, uma companhia de mídia americana. A Netflix, que não é boba nem nada, viu potencial nos vídeos e encomendou duas temporadas.

Com 20 episódios, Explicando trata de um assunto diferente a cada episódio. Pra exemplificar, vale mencionar o episódio “Why Women Are Paid Less?” (“Por que as mulheres ganham menos?”). O capítulo , narrado por Rachel McAdams (a Regina George de Meninas Malvadas) traz diversas explicações históricas e sociais sobre o porquê, até hoje, as mulheres ainda ganham menos – explicando machismo, políticas de exclusão, histórico do movimento feminista, etc.

A série aborda ainda temas como KPop, eSports, Astrologia e Vida Eterna. Além disso, tem outros três spin offs sensacionais também na Netflix: Explicando – A Mente; Explicando – O Sexo e o recente Explicando – O Coronavírus. Os episódios são todos curtos, com mais ou menos 20 minutos cada, e valem pela introdução em assuntos extremamente interessantes.

Pra quem gosta de: ciência, curiosidades

 


 

Guerra dos abacates, mel adulterado e outros problemas relacionados a alimentos são temas dos documentários em Rotten.

Rotten

Rotten é uma das séries mais interessantes da Netflix. É uma série de documentários, de mais ou menos 45min/1h, que aborda algum problema da cadeia alimentícia. Da indústria do mel (as chances de você estar consumindo mel adulterado são altíssimas!) à verdadeiras guerras causadas pela indústria do Abacate, os temas são polêmicos e atuais.

Com duas temporadas de 6 episódios, é uma série muito humana e importante. Além de trazer denúncias e reflexões sobre temas importantes, mostra depoimentos e cenas reais das vidas afetadas por esses problemas. Ah, e a fotografia dos documentários são SENSACIONAIS. Sério.

Pra quem gosta de: política

 


 

Design, Arquitetura e Moda são alguns temas dos documentários de Abstract.

Abstract: The Art of Design

Se você gosta de quadrinhos, essa série é pra você. E se gosta de carros, essa série também é pra você. Se você gosta de bioarquitetura, essa série é pra você.

Abstract: The Art of Design é uma série de documentários da Netflix que acompanha e expõe o trabalho dos mais importantes e renomados designers de várias áreas. Arquiteto que revolucionou a arquitetura moderna (com inspirações em Oscar Niemeyer), Designer responsável por criar os Air Jordan da Nike, Figurinista vencedor de Oscar.. São muitas facetas de diversas formas de arte mostradas em vários episódios incríveis e divertidos. Vale muito!

Pra quem gosta de: design, arte, moda, arquitetura, carros

 


 

O gênio Bill Gates é peça central desse documentário, um dos melhores documentários em cartaz na Netflix.

O Código Bill Gates

Bill Gates é o segundo homem mais rico do mundo – sua fortuna vem principalmente da sua empresa fundada em 1975, a Microsoft. Mas para além de um bilionário e gênio da informática, Bill Gates é também uma pessoa de outros gostos e aptidões.

Na série-documentário “O Código Bill Gates”, a vida do americano é desvendada. Os episódios focam na infância de Bill, suas amizades, o surgimento e crescimento da Microsoft e o filantropismo, atividade principal do magnata hoje em dia. É uma série interessante sobre uma das figuras mais importantes da indústria contemporânea, que foi de dono e fundador da Microsoft a uma das vozes mais fortes na luta contra as mudanças climáticas de hoje em dia.

Pra quem gosta de: ativismo, educação, ciência

 


 

Pra quem gosta de arquitetura, essa série de documentários é imprescindível.

As Casas Mais Extraordinárias do Mundo

Quem nunca viu Senhor dos Anéis e quis saber como deve ser viver embaixo da terra, né? Ou sonhou em ter uma casa na árvore, no meio da floresta. Ou no topo das montanhas… Já imaginou que uma galera com dinheiro fez suas próprias versões dessas casas? Pois é.

“As Casas Mais Extraordinárias do Mundo” é uma série de documentários da Netflix com 12 episódios incríveis, dividida em 3 temporadas. Cada episódio mostra uma obra arquitetônica de deixar muita gente de queixo caído, em lugares incríveis. Tem casa da Noruega ao Japão, todas com suas particularidades e arquiteturas impressionantes.

Pra quem gosta de: design, arquitetura

 


 

Compartilhe:

Assine nossa newsletter

Siga nosso Instagram
@UlivingBrasil