Uliving Brasil - Pioneira em residências estudantis no país

Venha para a Uliving

fale conosco

Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas.

planos

Suíte individual ou quarto compartilhado?
A Uliving tem o plano que você tanto procura. Confira!

Selecione a unidade desejada:

unidades

Conheça todos os detalhes das nossas unidades. Escolha a que melhor se enquadra no seu estilo.

Agendar visita

1. Unidade

2. Data e hora

3. Dados pessoais

Telefone

Formulário de interesse

Preencha o formulário abaixo, entraremos em contato:

whatsapp

Blog

Dia do Imigrante: o que dizem os nossos moradores estrangeiros

Publicado em:
Categoria: Blog
Compartilhe:

Em 18 de junho de 1908, desembarcava no porto de Santos o navio Kasato Maru, trazendo nele mais de 700 imigrantes japoneses para o Brasil. A data deu início à Semana da Imigração Japonesa, e o seu último dia, 25 de junho, foi firmado no Brasil como o Dia Nacional do Imigrante.

Por sinal, engana-se quem acha que o Brasil é um país com muitos imigrantes. Pouco mais de 0,4% da nossa população é formada por pessoas de outras nacionalidades – esse número é menor do que os nossos vizinhos Argentina e Uruguai, e passa longe de lugares como Estados Unidos e Reino Unido.

Todos os anos, mais de 16 mil estrangeiros vêm para o Brasil estudar. As motivações são inúmeras: as boas escolas e universidades do país, o interesse pelo idioma e cultura, a pluralidade cultural, a importância do país na América Latina, entre outros motivos.

A Uliving também recebe um bocado deles todos os anos. Em média, 10% dos nossos moradores são estrangeiros – e isso torna a nossa comunidade muito rica, diversa e plural. Vez ou outra, inclusive, celebramos essa troca, seja com os eventos temáticos relacionados a nossa cultura ou celebrando a cultura dos nossos moradores. Já rolou de festa junina à almoço com comidas típicas de diferentes países, por exemplo.

E pra falar com propriedade sobre o assunto, a experiência na Uliving e a relação com o Brasil, a gente resolver conversar com alguns moradores nesse Dia do Imigrante. Alguns estiveram na Uliving há um tempo, outros ainda moram conosco – o mais legal de tudo é ver que cada um vem de uma parte do mundo.

 

o jeitinho brasileiro


Acho que o melhor do Brasil são os brasileiros”, disse o colombiano Juan, ex-morador da Uliving 433. Para ele, o nosso jeito é muito acolhedor, e ele se sentia tão em casa que “não sentia falta do seu país”. Disse que se sentia muito à vontade na Uliving e com as pessoas “em menos de uma semana, mesmo sem conhecer ninguém”.

A Arianna, equatoriana moradora da Uliving Jardins, também elogiou o carinho e a disposição dos brazucas na hora de ajudar – não só da equipe da Uliving, como também dos outros moradores. “Todos estavam prontos para ajudar e são sempre muito receptivos pro pessoal que é de fora. Eles sabem que você é gringo e querem ajudar, diferente do que acontece no meu país. [O pessoal] pede pra você sentar do lado, pra bater um papo…”

Aliás, a nossa riqueza cultural foi muito elogiada. O Juan falou que ao chegar no país, tinha na cabeça muitos estereótipos do Brasil, como futebol e samba. Mas descobriu aqui uma infinidade de coisas novas, “como o sertanejo ou o churrasco”.

E além do nosso carinho e a nossa hospitalidade, a comida e a música ajudam – e muito. Pra Margarida, portuguesa que veio fazer um intercâmbio na Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto, “o samba e a comida gostosa ajudaram”. hahaah E tem coisas que só o Brasil oferece na hora de encantar nossos amigos gringos. Pro Thomas, por exemplo, “o clima é definitivamente um upgrade da Inglaterra!”.

Mas uma coisa foi unânime em todos os depoimentos: a troca cultural e a curiosidade do brasileiro com a cultura de diferentes países. “O povo brasileiro se interessa MUITO por saber como é a vida em outros países” disse o Roberto, chileno que mora no Brasil há 13 anos e foi morador da Uliving Ribeirão Preto. Ele não mora mais na unidade e veio para São Paulo, mas disse que o mais legal da Uliving é “a ideia do prédio se baseia em ter moradores com a mesma faixa etária, o que facilita a comunicação entre os moradores e a sociabilidade. Fiz amigos lá que converso até hoje.” 

A gente, da Uliving, pensa muito em como transformar a experiência dos nossos moradores a melhor possível. A portuguesa Margarida falou isso aqui pra gente: “O espaço totalmente renovado e moderno, zonas espaçosas, a simpatia de todo o staff e, como estrangeira, a facilidade com papéis e burocracia. Todo o processo de inscrição e pagamentos era muito acessível.”

A nossa Comunidade ativa e viva também é algo que encanta os nossos moradores. O Thomas, inglês morador da Uliving Rio, gosta “como sempre há algo acontecendo, seja uma festa de aniversário de um amigo ou um grupo indo à praia. A Uliving oferece a versatilidade que eu procurava ao longo desta experiência.”

Chegar em um país novo e não conhecer novo amedronta muita gente. Mas o nosso jeitinho carismático encanta todo mundo, e como disse a Arianna, aqui “sempre tem alguém pra sair, pra bater um papo…

 


> Dia Mundial do Meio Ambiente: como você e a Uliving podem contribuir <


 

Por último, pedimos aos nossos moradores e ex-moradores, uma dica pra quem quer vir fazer intercâmbio ou morar no Brasil. Os conselhos foram unânimes: esteja aberto para tudo o que os brasileiros podem te oferecer.

“Venha com toda a vontade de conhecer o verdadeiro Brasil com os brasileiros. Venha com vontade aprender dançar, aprender tudo o que falam pra você!” foi o que disse a Arianna. O Roberto, que agora mora em São Paulo, pede para que as pessoas “venham sem medo, pois aqui você é recebido com muito carinho”.

O Juan deixou a gente de coração mole. “O brasileiro é muito acessível e provavelmente você vai conseguir fazer muitos amigos e lembranças numa boa.” Mas, claro, é importante “estar pronto para conhecer e se adaptar”. Segundo ele, o povo brasileiro gosta muito de ajudar e conhecer pessoas novas, então é importante perguntar tudo o que quiser.“Fale que sim a todas as oportunidades que aparecerem, se interesse pela língua e a cultura, e não tenha medo de errar.” Ele acha a curiosidade importante: “Pergunte sobre o país e a cultura, escute a música de lá… E vai ver que muito cedo você vai ficar como [se estivesse] em casa e [vai] adorar o Brasil”. A gente tá com saudade, Juan!

Para a Margarida, o importante é “Mais que tudo ir com mente aberta e dispostos a conhecer as pessoas e cultura do país. Muitos dos alunos de intercâmbio apenas se relacionavam entre eles, acabando por nem aprender o idioma sequer. A cultura e as pessoas são maravilhosas, aprendi muito e cresci muito também.” Mas pelo que vimos nos relatos aqui, a galera tá bem aberta, né?! Gostamos muito disso – a vida em comunidade e as trocas culturais são muito importantes.

E pra quem tá se aventurando na vinda ao Brasil sozinho, o Thomas deixou umas palavrinhas: “Se você está entrando nessa aventura sozinho como eu, a Uliving oferece tudo o que você pode pedir!”

O conforto e facilidade para os nossos moradores é o principal. Estamos de portas abertas para receber pessoas de todo o mundo, e queremos aprender muito com todos vocês. Feliz Dia do Imigrante!

Compartilhe:

Assine nossa newsletter

Siga nosso Instagram
@UlivingBrasil