Uliving Brasil - Pioneira em residências estudantis no país

Venha para a Uliving

fale conosco

Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas.

planos

Suíte individual ou quarto compartilhado?
A Uliving tem o plano que você tanto procura. Confira!

Selecione a unidade desejada:

unidades

Conheça todos os detalhes das nossas unidades. Escolha a que melhor se enquadra no seu estilo.

Agendar visita

1. Unidade

2. Data e hora

3. Dados pessoais

Telefone

Formulário de interesse

Preencha o formulário abaixo, entraremos em contato:

whatsapp

Blog

Dia Mundial do Livro: 12 dicas dos nossos moradores

Publicado em:
Categoria: Blog
Compartilhe:

No dia 23 de abril comemora-se o Dia Mundial do Livro. A comemoração, primeiramente instituída na Espanha, foi colocada na data por ser o dia de morte de Miguel de Cervantes, El Inca, William Shakespeare, entre outros grandes autores.

 

Como todos sabem, ler é importante; além de ajudar no desenvolvimento e saúde do cérebro, ajuda a prevenir doenças como o Alzheimer, melhora a sua memória, sua imaginação e seu senso de empatia, como mostra essa matéria da CNN.

Pensando nisso, pedimos dicas pros nossos moradores e colaboradores sobre livros que marcaram a trajetória deles. De ficção à poesia, a lista tem livros para todos os gostos e estilos!

Ah, e aproveitando o gancho, a Editora Todavia criou um canal colaborativo onde pontuou quais livrarias do Brasil estão trabalhando com o sistema delivery – assim você consegue incentivar o mercado literário e ainda garantir sua diversão para esses tempos complicados. Dá uma olhadinha no site deles aqui!

Agora sim, vamos à lista:


 Pequena Abelha

 Chris Cleave
 2008

 Amanda Coelho, moradora na Uliving Rio

 @amandacvbdfgert

“Sempre li muito, mas esse livro foi o primeiro que me deu vontade de simplesmente sair pintando e escrevendo nas páginas. É maravilhoso!”

Essas foram as palavras da Amanda para descrever Pequena Abelha, segundo romance de Chris Leave e um dos mais elogiados livros do autor. A história, passada na Inglaterra, fala sobre o reencontro de um refugiado nigeriano e uma jornalista britânica, anos depois de um episódio do conflito no Delta do Níger, na Nigéria. A história é uma ficção, mas trata de assuntos reais e contemporâneos, como problemas geopolíticos no país africano, o racismo e a xenofobia. Vale a leitura!


Dom Quixote 

Miguel de Cervantes
1605 

Gabriel Gomes Simão Correa, morador na Uliving Jardins 

@gabs_.correa  

O Gabriel não poupou elogios e referências na hora de falar da sua admiração a “O engenhoso fidalgo D. Quixote de La Mancha”, mais conhecido no mundo todo simplesmente por Dom Quixote. Olha só o que ele nos falou:
“A narrativa envolvendo Dom Quixote é incrível, pois possui grande diversidade ao tratar de temas como contos épicos, filosofia entre outros, além de possuir uma sátira excepcional em seu texto… é algo único na literatura! Além disso, tenho um carinho pelo livro uma vez que sua história foi a que mais me marcou ao demonstrar um idealismo inerente ao ser humano, algo que levo até hoje para minha vida.😀 Conforme a maioria dos autores explicam, a leitura de D. Quixote traz experiências únicas para cada leitor. O próprio Dostoiévski disse que a obra poderia ser “sua conclusão sobre a vida”. 😃”.

Acho que não precisamos falar mais nada, né?!


 Harry Potter

 J. K. Rowling
 1997

 Daniela, moradora na Uliving 433

 @brterenad

A saga mais famosa da história literária (e uma das mais famosas do cinema) foi o primeiro incentivo de leitura de muita gente. Por isso, fica difícil nomear um dos livros da saga, mas a Dani deu um baita depoimento de como os livros de J. K. Rowling a incentivaram a ler.

“Eu sempre odiei leitura desde pequena, minha mãe lia todos os livros que a escola mandava e eu lia somente os resumos. Daí apareceu Harry Potter e deu um estalo no meu cérebro e eu virei uma leitora voraz. Inclusive lendo em inglês. E quando a saga chegou ao fim, eu pensei: “E agora? Vou ler o quê?”.

Daí eu encontrei uma autora maravilhosa que se chama Nora Roberts/ J.D. Robb e simplesmente os livros dela são demais, ela tem a capacidade de levar você para dentro da história. Para uma pessoa que é 100% racional, encontrar essa brecha no cérebro e conseguir entrar e visualizar uma história, é fenomenal! Resultado eu tenho pelo menos umas 7 caixas de mudança de livros. 🥰📚❤️”

E você: Harry Potter te influenciou a ler? E qual o seu livro favorito da saga? Conte pra gente no nosso instagram @UlivingBrasil.


Ninguém é de Ninguém 

Zíbia Gasparetto
2000 

Helana, Maintenance Assistant da Uliving Rio 

@helanaribeiiro 

Com mais de 18 milhões de livros vendidos, Zíbia Gasparetto foi uma das autoras de maior sucesso no Brasil. Em 2000 ela lançou “Ninguém é de Ninguém”, uma história que fala sobre amor, posse, autopreservação e paixão. O livro discorre sobre as dores que sofremos no amor – e se elas são realmente válidas para chamarmos de amor. Vale sofrer em prol de alguém? “Abriu minha visão para o mundo real” foi o que disse a Helana ao falar do livro. Vale dar uma chance!


 A Viagem do Elefante

 José Saramago
 2008

 Gustavo, faz parte do time de Marketing da Uliving

 @gus.mata

José Saramago é um dos autores mais famosos da língua portuguesa e o único a ganhar um Prêmio Nobel de Literatura com a obra escrita inteiramente em português. Mas para além dos seus grandes livros e polêmicas, em 2008, enquanto lutava contra a leucemia, lançou “A Viagem do Elefante”. A história narra a viagem do elefante Salomão de Belém (Lisboa) até Viena, na Áustria, enviado como presente pelo Rei de Portugal ao arquiduque austríaco. Nas palavras do Gu, a história, que é baseada em fatos reais (sim!) “É uma jornada meio histórica, meio reflexiva (…) e mostra que os nossos caminhos podem ser cheios de obstáculos, mas ao mesmo tempo podemos surpreender muitas pessoas.”

Se você já leu alguma obra de Saramago, esse aqui é indispensável – e não se engane achando que as críticas sociais escapam dele.


O Sol é Para Todos 

Harper Lee
1960 

Bia, moradora na Uliving Ribeirão Preto 

@_pereiraanaa 

O Sol é Para Todos, em inglês “To Kill a Mockingbird”, é um dos livros mais famosos da literatura americana. Lançado em 1960, já arrebatou o prêmio Pulitzer e em 1962 rendeu uma adaptação ao cinema que levou 3 prêmios no Oscar.

A história se passa no sul dos Estados Unidos e narra a história de uma advogado da pacata Maycomb que resolve defender um negro inocente acusado de estupro. Falando sobre racismo, classe, desigualdade social e abuso sexual, é um livro que choca e conscientiza, tamanha a sua proximidade com a realidade. Pra Bia, é um livro que “me ensinou muito”. Demais, né?


> 10 filmes pra ver na Netflix nessa quarentena <

> 15 séries para assistir na quarentena <


 Violín y otras cuestiones

 Juan Gelman
 1956

 Franco, morador na Uliving Jardins

 @franco.saddemi

Juan Gelman é um poeta e escritor argentino muito famoso no mundo hispanohablante. Além de várias obras de sucesso, o cara recebeu vários prêmios, incluindo o Prêmio Cervantes, o mais importante da língua espanhola. “Violín y otras cuestiones” é uma coletânea de poesias super pessoais e íntimas – quase que como uma auto reflexão. O Franco, na hora de falar da peça, ainda falou que os textos são tão geniais porque o autor os usou para “ele mesmo tentar se entender ou colocar para fora sentimentos muitas vezes angustiados, de tal forma que, de forma quase psicossomática, geram um nó na garganta já nos primeiros versos. Poucas obras são tão sentimentais como tal, tão profundas e de certa forma, inocentemente, tão geniais.”

O relato foi tão impressionante – e uma rápida busca no google e leitura de dois poemas juntos – que eu já corri pra garantir o meu.


Coraline 

Neil Gaiman
2002 

Nicole, moradora na Uliving Jardins 

 

Neil Gaiman voltou aos holofotes nos últimos anos com a adaptação de “American Gods” pra TV, que inclusive foi disponibilizada na Amazon Prime aqui no Brasil. Mas o autor também é responsável por um marco na vida de muita gente: Coraline. Descrito por aí como uma versão mais sombria e moderna de “Alice no País das Maravilhas” (o que quem vos escreve discorda veemente), o livro conta a história de uma garota que se muda para uma nova casa e lá descobre um mundo paralelo. Com um toque de terror e humor, Coraline é daqueles livros que te encantam logo nas primeiras páginas – e ainda rendeu um baita filme, feito em stop motion, indicado ao Oscar de Melhor Animação. Nas palavras da Nicole, “Ele [o livro] é perfeito”. E ela ainda indicou outro livro do autor: o premiado “O Oceano no Fim do Caminho”, de 2013.


 Mais esperto que o Diabo

 Napoleon Hill
 1938/2011

 Juliano Antunes, CEO da Uliving

 

Já imaginou entrevistar o diabo? Pois é. Nesse livro de 1938, publicado somente em 2011, o autor faz uma entrevista com a “Sua Majestade”, forma como chama o Diabo na história. Nessas entrevistas, ele descobre de quais mecanismos o tinhoso usa para boicotar a capacidade humana e fazê-los falharem – e essa é a graça da história. Ainda que seja uma história ficcional, “é uma conversa interna que mostra a luta para controlar seus próprios pensamentos”, nas palavras do nosso CEO. Loucura, né?

E a história da publicação deste livro é tão interesse quanto ele: Napoleon o escreveu em 1938, mas na época sua equipe o achou controverso demais para ser publicado. Ficou na gaveta por anos, e mais de 40 anos depois da morte do autor foi publicado – e vendeu mais de 100 milhões de cópias no mundo.


Orgulho e Preconceito 

Jane Austin
1813 

Sarah Borsoi, moradora na Uliving Jardins 

@sarahborsoi  

Mais de 200 anos se passaram desde o lançamento de Orgulho e Preconceito e ele segue sendo um dos livros mais lidos e referenciados do mundo. Por que? Os motivos são inúmeros, desde sua escrita impecável ao legado em outras mídias (vide o filme de 2005 que arrecadou mais de 120 milhões de dólares). Mas a história é o ponto central: em épocas de casamentos arranjados, motivados por dinheiro e poder, o Sr. Bennet precisa que uma de suas filhas se case para que seu legado não seja destruído. Isso porque, naquela época, as heranças só podiam ser recebidas por herdeiros do sexo masculino. Porém, as filhas entram em embates sobre quais motivos as levariam a se casar: será que a necessidade se sobressai ao amor?

É um livro que foge das mesmices dos romances clássicos, e por isso, para Sarah, “foi meu primeiro clássico e abriu o interesse para outros”.


 Em Busca de Sentido

 Viktor Frankl
 1946

 Eduardo, Community Manager da Uliving Ribeirão Preto

 

Todos estudamos os horrores do holocausto ao longo de nossas vidas. O psiquiatra e neurologista austríaco Viktor Frankl, autor do renomado “Em Busca de Sentido”, narra na história a sua vivência dentro de um dos campos de concentração. Mas tudo o que poderia ser uma história trágica e dolorosa, torna-se também uma lição. O cientista, que inaugurou uma nova frente de pesquisa, conta não só o que passou, mas também de quais formas pensar em um futuro e num sentido de vida o confortaram em momentos difíceis. Em tempos difíceis como o que estamos vivendo, é uma ótima leitura para esclarecer um pouco a mente.

“Gostei muito deste livro pois vai a fundo na questão da busca do sentido da vida do homem e do quanto ele pode ser resiliente frente às grandes dificuldades que enfrenta, principalmente aos dia de hoje” foi o que nos disse o Edu ao descrever o livro. Inspirador, né?!


Seja o amor da sua vida 

Guilherme Pintto
2008 

Everton, faz parte do Time de Marketing da Uliving 

 @evertonstavo 

Alguns dias a gente só quer uma leitura leve – daquelas que você deita, pega o livro e não vê a hora passar. Mas algumas vezes esses livros pegam a gente direto na ferida – principalmente quando se trata de amor. É sobre isso que “Seja o amor da sua vida fala”. Nas palavras do Everton, é um livro que te pega “é uma leitura fácil e leve para aqueles dias chuvosos ou uma tarde de sol na praia. É muito especial e me marcou em um momento em quel estava vulnerável após um término bem clichê. Acabou me pegando de uma forma que eu só tenho lembranças boas de quando o li, mesmo que muitas das vezes eu o li com algumas lágrimas sobre as páginas.”

No meio de algumas indicações mais densas, vale também um desses, né?! Até porque, quem nunca chorou por amor que atire a primeira pedra…


 

Ler é, sem dúvidas, um ato de auto-cuidado também. É importante ocupar a cabeça, seja pensando nos benefícios mentais da leitura, seja como forma de se distrair dos tempos difíceis em que vivemos. Esperamos que essa lista inspire vocês e, caso você tenha lido algum dos livros, ou queira indicar algum outro, é só nos chamar no nosso instagram, o @UlivingBrasil.

Compartilhe:

Assine nossa newsletter

Siga nosso Instagram
@UlivingBrasil